TÓPICOS PARA EXAME DE ACESSO AO CURSO DE GESTÃO EM HOTELARIA E TURISMO 2020

ESCOLA SUPERIOR POLITÉCNICA DE MALANJE

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

TÓPICOS PARA EXAME DE ACESSO AO CURSO DE GESTÃO EM HOTELARIA E TURISMO 2020

UNIDADE I- BREVE HISTÓRICO DO TURISMO: GÉNESE E EVOLUÇÃO

1.1. As primeiras viagens de turismo.

1.2. A Grand Tour

1.3. Thomas Cook e o Turismo organizado

1.4. O Boom Turístico

UNIDADE II- TURISMO E CONCEITOS

2.1. Turismo

2.2. Turista e excursionista

2.3. Turismo interno

2.4. Turismo receptivo

2.5. Turismo emissivo

2.6. Modalidades turísticas

UNIDADE III- TURISMO INTERNACIONAL

3.1. Turismo e Desenvolvimento: principais indicadores de turismo internacional

3.2. Países predominantemente emissores e receptores de turistas.

3.3. As políticas públicas no turismo

3.4. O turismo sustentável

3.5. As externalidades positivas e negativas do turismo

UNIDADE IV- O TURISMO EM ANGOLA

4.1. Lei do turismo.

4.2. Chegadas de turistas nas fronteiras nacional (por Continente e por países)

4.3. Recursos turísticos de Angola.

4.4. Polos de desenvolvimento turístico

UNIDADE IV-HOTELARIA E RESTAURAÇÃO

5.1. Definição e funcionalidade dos empreendimentos

5.2. Termos técnicos no exercício da gestão dos empreendimentos turísticos e similares

5.3. A importância da rede hoteleira no fomento do turismo em Angola.

REFERÊNCIAS RECOMENDADAS

Beni, Mário Carlos (2007). Análise estrutural do turismo. 12a Ed. São Paulo: Senac.

Costa, Rodrigues e Teresa, Sousa. (2011). Introdução à gestão comercial hoteleira.

Cunha, Licínio (2013). Economia e Política do turismo. 13a Ed. Lisboa: Lidel.

Cunha, Licínio (2009). Introdução ao Turismo. 4a Ed. Lisboa- São Paulo: Verbo

Ignarra, Renato. (2003). Fundamentos do turismo. 7a Ed. São Paulo: Atlas.

MINTUR (2018). Anuário estatístico do turismo de Angola. Luanda: Edições Angola.

MINTUR (2013). Plano de Desenvolvimento do Turismo de Angola. Luanda: MP Media.

Silva, Sancho (2013). Turismo interno. Uma visão integrada. Lisboa: Lidel.

UNWTO, (2018) Tourism highlights. Madrid, UNWTO

Deixe uma resposta